Fulfilled

8 abr

Abriu os olhos para a escuridão como tantas outras vezes. A cabeça rodopiava pelas paredes do quarto – estava no quarto? Não sabia dizer ainda. Seu corpo doía e tremia como nunca antes. Já havia se machucado antes em serviço, não era novidade. Mas diferente das outras vezes, trazia um sorriso no rosto.

Lembranças da noite passada afloravam na mente confusa. Houve uma luta, embora ela não lembrasse bem o que aconteceu. Só devia ter apanhado bastante.

Sorriu, e o sorriso logo se transformou em gargalhada. E quando a caça se torna caçador?

Não importava. Ele conseguiu deixá-la assim. Estava feliz. Preenchida. Alimentada. Completa.

O gosto férreo do sangue tornava a aparecer na boca. Relembrando o momento, ela ainda se deliciava. Não poderia descrever se quisesse. E por que deveria se preocupar com palavras? Ninguém entenderia. Ninguém precisava entender.

O sangue vertia suavemente do pequeno corte nos lábios. Ela não entendeu a princípio; não deveria ser a presa? Mas não questionou. E ao provar, soube que não poderia desejar algo diferente. Depois de tanto tempo, finalmente preencheu o vazio que tanto a atormentara. Cada gota de sangue fazia-a tremer dos pés à cabeça. Prazer. Excitação. Adrenalina. Rápido. Forte. Intenso. E profundamente errado.

Naquele momento, soube que não havia nada igual. Soube que estava perdida.

E mesmo na lembrança, deleitava-se. Apesar da dor e dos ferimentos, era imbatível. Ninguém ou nada poderia detê-la.

A cabeça girou mais uma vez. Não se levantaria tão cedo.

Um lapso de sanidade: estava indo longe demais. Tinha que parar com aquilo. Seria capaz?

Mais um da Liga Narrativa, dessa vez seguindo o conselho de um amigo. O tema de março (que eu estou descaradamente postando em abril) foi Banquetes. Abaixo, os outros que resolveram se refestelar. E o desenho é claramente inspirado na Lust, de Full Metal Alchemist.

Aniversário de Namoro – Roleplayer

O Segundo Gosto – O Feudo

Fome – Juca’s Blog

Anúncios

7 Respostas to “Fulfilled”

  1. Jagunço abril 9, 2010 às 2:55 am #

    Friamente festivo; farto, ferrenho – festival fáustico feito… fome! 🙂
    No mais, pra fugir ainda mais do f… Allanesco. 😛

    Gostei de cada anonimato, claro.

    Até mais companheira letrada. 🙂

    (Vou atualizar as listas do post nas bandas de lá desta honrada Liga).

  2. italocurvelo abril 11, 2010 às 7:40 pm #

    WHAT!?!? Isso aconteceu em mesa? Eu já me perdi totalmente na história de Kate. Sinto que já está na 3º temporada e eu só vi alguns episódios da 1ª… =\

    Please, share with me.

    PS: That was SO wrong… I loved it.

    • Allana abril 11, 2010 às 11:14 pm #

      Bem, isso aconteceu, mas so coisas da segunda temporada. 😛 Eu s escrevi porque no queria perder o pique do projeto, e como tinha que escrever para a Liga, serve como exerccio criativo. J comecei o episdio primeiro, deve ser o prximo post de fico do blog (o prximo ser uma resenha de um livro). Mas voc gostou da narrativa?

  3. Juca 999 abril 28, 2010 às 4:16 am #

    Gostei da arte rápida, Sue. Lembrou-me a personagem que aparece no final do meu texto “Fome”.
    Até.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Liga Narrativa (Mar – Banquete): Fome « Juca's Blog - abril 26, 2010

    […] (Allana Dilene): Fulfilled (08/abr […]

  2. A última refeição do rei « Dois Contos - maio 6, 2010

    […] Allana – https://brainsstorm.wordpress.com/2010/04/08/fulfilled/ […]

  3. O Segundo Gosto « Cará-de-Asa - janeiro 26, 2011

    […] Storm – Fulfilled This entry was posted on 0, 12 12UTC março 12UTC 2010 at 2:54 am and posted in Coentro. You […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: